Poemas participantes da enquete ( Em teste )

19 de junho de 2012

Se


Então, se eu sentir frio te chamo
Se eu sentir amor proclamo,
 Se eu sentir indiferença
Exigirei tua sóbria presença
Mas se eu chorar baixinho 
Não acordo  o vizinho.
E se eu fizer um trato
Nosso amor não será menos abstrato.
Se eu impedir o fim...
Não posso. Nem por você
nem por mim
E se você disser que me ama
Não serei tão leviana
Se eu me perder ...Será no teu labirinto.
Se me encontrares...
Saibas então que não minto.
Talvez você pudesse meu inverno aquecer
Somente talvez, pudesse mudar minha vida.
Minha tristeza enfraquecer
Pra ser feliz me convida????


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu

Gosto de escrever. Escrever para mim é uma necessidade, uma cura. Escrever é um ato de extrema entrega, é de dentro pra fora. Escrevo por urgência, escrevo por amor e com amor. Sou imediatista, intensa, e sonhadora! Defeitos? Tenho muitos, incontáveis talvez; melhor nem dizê-los.; Tenho uma alma sonhadora. Sonho, e como sonho...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...