Poemas participantes da enquete ( Em teste )

8 de novembro de 2012

Ausência



Venha encontrar-me,
mas traga consigo o papel
que nele rabisco com esmero
uma flor de hibisco ou um poema lúdico e sincero

Posso até arriscar um cordel,
com nossas vidas expostas por um fio
Venha,
mas traga consigo a vontade
traga-me tua arte, tua melodia
uma dose a mais de ousadia

Que dentro da tua bagagem
tenha um pouco mais de tempo
Tempo pra ficar comigo à toa,
Pelas praças, ruas e jardins... sem pressa
Valente, destemido, convicto
De que tudo vem e vai... no soprar do vento

Venha, se me queres...
chegue a tempo de contemplar a aurora

Venha sem demora...
como relógio sem ponteiros
ampulheta vazia
pedra sem sombras

Venha, pois pior que estar só
É estar ausente de ti


*** Jefferson S. Lima e Pea

Um comentário:

  1. Amiga, obrigado por compartilhar comigo este momento de inspiração! Ficou fantástica!

    "Venha, se me queres...
    chegue a tempo de contemplar a aurora

    Venha sem demora...
    como relógio sem ponteiros
    ampulheta vazia
    pedra sem sombras

    Venha, pois pior que estar só
    É estar ausente de ti"

    Isso é lindo...

    ResponderExcluir

Quem sou eu

Gosto de escrever. Escrever para mim é uma necessidade, uma cura. Escrever é um ato de extrema entrega, é de dentro pra fora. Escrevo por urgência, escrevo por amor e com amor. Sou imediatista, intensa, e sonhadora! Defeitos? Tenho muitos, incontáveis talvez; melhor nem dizê-los.; Tenho uma alma sonhadora. Sonho, e como sonho...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...