Poemas participantes da enquete ( Em teste )

26 de novembro de 2013

A Bailarina

Desliza sob as  luzes da ribalta
Cheia de graça e leveza
Cada movimento um traço
Marcando o espaço
com  suavidade e sutileza .
Meia ponta, Demi-plié
devagar vai hipnotizando
Aquele que a foi ver.
Toda a doçura da menina, na mulher
Toda a  força da mulher, na menina
E ambas fundem-se na figura da bailarina.
Movimentos delicados
exaustivamente ensaiados
Onde um pé persegue o outro
numa persistente busca da perfeição
en dehors, piruetas, arabesques e giros
Assim é o mundo mágico da bailarina
Superando a dor o cansaço
emoldurando seu sonho de menina
Cai o pano, fim do espetáculo
Guarda-se as sapatilhas





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu

Gosto de escrever. Escrever para mim é uma necessidade, uma cura. Escrever é um ato de extrema entrega, é de dentro pra fora. Escrevo por urgência, escrevo por amor e com amor. Sou imediatista, intensa, e sonhadora! Defeitos? Tenho muitos, incontáveis talvez; melhor nem dizê-los.; Tenho uma alma sonhadora. Sonho, e como sonho...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...