Poemas participantes da enquete ( Em teste )

21 de janeiro de 2015

Mudez Poética



Mudez Poética

Tenho andado automática demais
excessivamente mecânica
Matematicamente exata
Sem palavra e sem verso


Tenho andado distraída
De pensamento abstraído
Que fere quando desvia
Que amarga quando  fixa


Tenho estado resumida
Sintética, diluída
Tenho sido, silêncio desconfortável
Tenho andado, sem poesia


Incompleta
Intranquila
Inconstante
"Impoeta"

2 comentários:

  1. Meu site continua off, mas como vai voltar (Ah, vai!) é com ele que venho e assino!
    Se inspirou em mim?
    Serviu como uma luva, pois é assim que ando...MATEMATICAMENTE IMPOETA!
    Parabéns, Nina!
    Amei!

    ResponderExcluir
  2. "Impoeta" é coisa que nunca estás e matemáticamente também não, porque matemáticamente tem prova dos nove, e a tua nunca dá zero nem bate certo com o teorema.
    Tu és mais que um sinal à esquerda do número.
    Adorei.

    Beijos, querida amiga.

    ResponderExcluir

Quem sou eu

Gosto de escrever. Escrever para mim é uma necessidade, uma cura. Escrever é um ato de extrema entrega, é de dentro pra fora. Escrevo por urgência, escrevo por amor e com amor. Sou imediatista, intensa, e sonhadora! Defeitos? Tenho muitos, incontáveis talvez; melhor nem dizê-los.; Tenho uma alma sonhadora. Sonho, e como sonho...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...